Você está entrando no universo do babywearing! Aqui começa uma nova página da sua história com o seu bebê. 19 - 99294.2231 ou 19 - 99982.1679

Após a chegada do bebê manter-se ativos fisicamente pode ser desafiador para algumas famílias, e de modo especial para aquele cuidador que assume a maior parte dos cuidados do bebê, que majoritariamente, na nossa cultura, é a mãe. Se ela tiver êxito na amamentação, o desafio pode ser ainda maior pelo tempo em que ela precisa estar disponível para atender a essa necessidade do bebê. Não é à toa que nesta fase chamamos à mãe e o bebê de binômio, ou dupla mãe-bebê.

Como conseguir manter,  então, sua atenção ao próprio corpo e à necessidade de mantê-lo ativo? Sendo uma ferramenta de colo, o babywearing pode te ajudar muito,  e se você optar pela prática do Carregar Ergonômico,  pode encontrar a chave para resolver essa equação.

Embora a rotina de uma família que acolhe um novo bebê possa se alterar significativamente e tornar desafiador encontrar tempo para a atividade física, nenhum dos cuidadores precisa abrir mão de se manter ativo se fizer algumas adaptações. Pense no seu carregador como um recurso para tornar você e o seu bebê um único organismo: vocês vão estar “amarrados” e farão, juntos, qualquer atividade que possa trazer benefícios para ambos!

Primeiramente você precisará conhecer os princípios do Carregar Ergonômico para ajudá-los a “juntar” vocês dois. Pense que, ao fazer uma atividade física carregando um bebê você na verdade estará realizando duas atividades: carregar e caminhar, por exemplo. Então você vai precisar que o carregador faça sozinho a parte de carregar, para que seu corpo consiga focar totalmente na outra atividade que vai realizar. Se você precisar ficar segurando a cabeça do bebê ou ficar reajustando o carregador ou a amarração a todo momento não vai funcionar. Para isso seu modo de carregar precisa ser eficaz, seguro e confortável, e é aí que entra a Ergonomia. Escolher um carregador com as características necessárias para suportar o peso e a postura do bebê, manter os ajustes,   e distribuir bem o peso pelo seu corpo é fundamental. Uma assessora profissional especializada em Ergonomia do carregar pode te ajudar a encontrar o melhor carregador para o seu caso e ensinar as técnicas para manter a postura e o equilíbrio usando o carregador de forma eficaz e segura. 


Depois você precisará escolher uma atividade que seja compatível com as necessidades de vocês dois. Lembre-se: seu bebê estará sujeito aos mesmos movimentos que você vai fazer, sofrendo ação da gravidade e de outras forças que atuarão na sua atividade. Então escolha uma atividade que respeite seu corpinho que está em desenvolvimento, atividades de impacto são contraindicadas, por exemplo. Atividades que envolvem riscos de queda também não são recomendadas. O ideal é que você escolha atividades que permitam atender também às necessidades do bebê como sono e passeio e interação. Caminhadas, dança, pilates e yoga são exemplos de atividades possíveis de fazer junto com seu bebê. Portanto atenção: muitos profissionais trabalham com estas atividades voltadas para mães e bebês, mas nem todos desenvolvem programas específicos para atender ao mesmo tempo tanto ao adulto quanto ao bebê, cabe a você avaliar se seu bebê está seguro e bem atendido durante uma atividade e escolher profissionais que tem seu olhar voltado também ao atendimento do bebê, e não somente aceite a presença dele nos treinos e vivências. 

 

Com um bom carregador e alguma técnica vocês estarão prontos para praticar a arte de adaptar sua vida a uma nova realidade, e poderão desfrutar de momentos juntos, sem precisar privar-se do seu autocuidado enquanto cuida do  seu bebê.